Dicas Pra Turbinar O Instagram

23 Apr 2019 21:50
Tags

Back to list of posts

<h1>Campe&atilde; Ol&iacute;mpica Faz Aborrecido Relato Sobre Racismo No Rio: “Preto N&atilde;o Pode Caminhar De T&aacute;xi?</h1>

<p>Perceber o cheiro da not&iacute;cia. Persegui-la. Buscar recentes fontes e introduzir as pe&ccedil;as de um gigantesco quebra-cabe&ccedil;as pra apresent&aacute;-lo o mais completo poss&iacute;vel. Jaques O. Carvalho as compet&ecirc;ncias necess&aacute;rias para exercer um excelente jornalismo, novas parecem ser inatas e, por mais que se tente entender, in&uacute;til ser&aacute; o vigor. &Eacute; dessa forma o tal “faro jornal&iacute;stico”.</p>

<p>Uma know-how Fake News: Not&iacute;cias Falsas S&atilde;o Uma Amea&ccedil;a Pras Elei&ccedil;&otilde;es De 2018 de achar hist&oacute;rias in&eacute;ditas, de furar a concorr&ecirc;ncia e preservar pulsando a certeza de que &eacute; poss&iacute;vel fornecer conte&uacute;do de qualidade que sirva ao interesse p&uacute;blico. Nunca se p&ocirc;s em xeque o papel essencial do instinto jornal&iacute;stico. Nem eu pretendo faz&ecirc;-lo neste instante.</p>

<p>Como neste instante venho reiterando h&aacute; tempos nesse espa&ccedil;o, apenas essa vibra&ccedil;&atilde;o ser&aacute; capaz de devolver a alma que, por vezes, percebo faltar ao trabalho das reda&ccedil;&otilde;es. O que desejo &eacute; juntar um estilo que julgo essencial nesta conversa: na era digital, a intui&ccedil;&atilde;o podes e deve ser apoiada pelos n&uacute;meros.</p>

<ul>

<li>Inclua infos pesquis&aacute;veis em sua p&aacute;gina</li>

<li>Ana Clara ganha R$ 20 1 mil em barras de ouro no BBB 18</li>

<li>Candidaturas zoom_out_map</li>

<li>Incentivar coment&aacute;rios on-line</li>

<li>1 - Cuidado com as informa&ccedil;&otilde;es profissionais</li>

</ul>

depositphotos_146071293-stock-illustration-square-social-media-logo-or.jpg

<p>Realidades que pareciam alheias aos neg&oacute;cios da m&iacute;dia est&atilde;o cada vez mais pr&oacute;ximas dos autom&oacute;veis. &Eacute; o caso do Caso Cocielo: O Que Fazer Quando O Influenciador Erra? . A cada dia os acessos digitais aos portais de not&iacute;cias geram quantidades incr&iacute;veis de fatos a respeito do modo de nossas audi&ecirc;ncias, no entanto ainda n&atilde;o fomos capazes de ver o potencial que h&aacute; por tr&aacute;s desta montanha de fato desestruturada. Nas reda&ccedil;&otilde;es brasileiras multiplicam-se as telas coloridas que trazem, minuto a minuto, indicadores e gr&aacute;ficos mirabolantes. Ao final de um dia de trabalho, cada editor est&aacute; habilitado a responder quais foram as reportagens mais lidas.</p>

<p>Todavia e depois disso? Continuamos incapazes de interpretar adequadamente todas essas cifras e utiliz&aacute;-las a nosso favor. &Eacute; preciso investir robusto em tecnologia e n&atilde;o h&aacute; outro caminho. Os jornais The New York Times e Washington Post, para mencionar outras fontes da m&iacute;dia impressa, neste momento compreenderam que por esse novo fato digital elabora&ccedil;&atilde;o de tema e tecnologia v&atilde;o de m&atilde;os dadas. Tanto que, em tempos de queda no setor, o renomado di&aacute;rio de Jeff Bezos parece fazer d&uacute;vida de caminhar pela contram&atilde;o da concorr&ecirc;ncia.</p>

<p>Ao inv&eacute;s enxugar os Relembre As Famosas Que Mais Deram O Que Falar Em 2018 , o que faz &eacute; estender tuas equipes. Mas Bezos n&atilde;o contrata somente jornalistas. Busca tamb&eacute;m profissionais que, controlando ferramentas de fatos, apoiem a reda&ccedil;&atilde;o, o departamento comercial e o marketing. S&atilde;o engenheiros, estat&iacute;sticos e desenvolvedores que interpretam os n&uacute;meros gerados pelas audi&ecirc;ncias digitais, identificam tend&ecirc;ncias e prop&otilde;em estrat&eacute;gias relacionadas ao neg&oacute;cio.</p>

<p>Assim como n&atilde;o levar&aacute; longo tempo pra que a t&atilde;o comentada intelig&ecirc;ncia artificial seja incorporada &agrave; rotina das reda&ccedil;&otilde;es. Pela Associated Press e em novas ag&ecirc;ncias de not&iacute;cias imediatamente s&atilde;o os rob&ocirc;s que produzem fra&ccedil;&atilde;o das not&iacute;cias sobre o assunto os balan&ccedil;os corporativos e o fechamento das bolsas de valores. Um prato cheio pra empresas jornal&iacute;sticas especializadas na cobertura do setor financeiro. Mas com isto n&atilde;o pretendo dar a captar que, num futuro n&atilde;o muito longe, as reda&ccedil;&otilde;es poder&atilde;o prescindir de seus rep&oacute;rteres. Somente acredito que profissionais altamente capacitados deixar&atilde;o de se empenhar a dicas que s&atilde;o capazes de ser geradas automaticamente pra contribu&iacute;rem com reportagens anal&iacute;ticas e contextualizadas.</p>

<p>Quem ganha &eacute; o cliente. Correto &eacute; que os autom&oacute;veis n&atilde;o podem ver inertes ao avan&ccedil;o dessas novas tend&ecirc;ncias. N&atilde;o podemos repetir a atitude que tivemos nos prim&oacute;rdios da internet, no momento em que raras figuras nas reda&ccedil;&otilde;es apostavam que o lugar multim&iacute;dia tomaria a dianteira nos neg&oacute;cios. Tamb&eacute;m n&atilde;o podemos reproduzir a presen&ccedil;a de meados da d&eacute;cada passada, quando, fechados em nossos paradigmas, observ&aacute;vamos admirados como o Google e o Facebook abocanhavam parcelas cada vez mais essenciais da verba publicit&aacute;ria. Pela &uacute;ltima semana tive a chance de discutir com um grupo de executivos e gestores de ve&iacute;culos de intercomunica&ccedil;&atilde;o, todos eles respons&aacute;veis pelo procedimento de transi&ccedil;&atilde;o digital em tuas empresas.</p>

<p>Vindos de diferentes Estados brasileiros e de alguns pa&iacute;ses da Am&eacute;rica Latina, eles se reuniram em S&atilde;o Paulo para o primeiro m&oacute;dulo do “Estrat&eacute;gias Digitais para Corpora&ccedil;&otilde;es de M&iacute;dia”, programa que dirijo na ISE Business School. Todos eles estavam desejosos de localizar novos caminhos de monetiza&ccedil;&atilde;o. Em sala de aula crescia a certeza de que as verbas publicit&aacute;rias n&atilde;o retornar&atilde;o aos n&iacute;veis de antigamente e, por isso, os ingressos dever&atilde;o ser alavancados prioritariamente pelo assunto digital.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License